Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“o tempo não roerá o verso da minha boca.” – hilda hilst – do desejo – pág. 96. [à vitrola: alfama – palavras cantadas – madredeus: 1990 – 2001].


avessos

ao meu, o seu destino
transita confundido
não encontra a sintonia
porque, a minha e sua sina,
perdem-se por caminhos
de ventos e abismos

ao meu, o seu destino
à via da intuição – em frágil
discurso, versos e imagens
de enlaço e promessas
e a cada instante mais incertos

ao meu, o seu destino
é constante desequilíbrio
e nossas confusas palavras
quebram-se e não percebemos
o que em nós, de fato, é latente

ao seu, o meu destino
como uma página
em branco

marcia eduarda
Enviado por marcia eduarda em 26/11/2006
Código do texto: T301739

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (márcia eduarda®). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marcia eduarda
São Paulo - São Paulo - Brasil
534 textos (16560 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:12)
marcia eduarda