Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade



A minha saudade tem um novo canto.
Sem ouvir por intervalos, melodias,
elevou-se aos céus de tantos desencantos,
desviando as angústias de meus dias,
entoando, em passagens, o meu pranto.
Criou para si as mais tristes poesias.
Perdida entre ecos, no longe, inatingíveis,
ao ouvir seu canto solidão de despedida,
chorou muda seus soluços inaudíveis
sem outros sons, anunciando sua partida.
Repousou solitária em regaços invisíveis.
sem esperanças de ser luz ou de ser vida.(IDA)
Ida Satte Alam Senna
Enviado por Ida Satte Alam Senna em 26/11/2006
Código do texto: T302040
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ida Satte Alam Senna
Santa Vitória do Palmar - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
111 textos (2723 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:37)
Ida Satte Alam Senna