Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desperta-me a poesia

Cissa de Oliveira

Não se enganem. Enquanto eu digo
de orvalhos, folhas e pássaros,
preparo a terra da próxima safra.

Há pingos de sol
bordando os vestidos da tarde,
e luzes deitadas no coração
dos seres alados.

Ainda assim,
doce como frutas açucaradas
e amores verdes,
despidas de toda poesia
seriam essas coisas,
não fosse
- ele -

Desperta-me a poesia,
o que se desgarra a ferir
o sono dos silêncios largos.

 
Cissa de Oliveira
Cissa de Oliveira
Enviado por Cissa de Oliveira em 26/11/2006
Código do texto: T302262
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cissa de Oliveira
Campinas - São Paulo - Brasil
140 textos (28488 leituras)
10 áudios (1446 audições)
1 e-livros (909 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:24)
Cissa de Oliveira