Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A DOR DO POETA




As palavras têm
A magia de transportar
As emoções do coração
Até o inventivo papel.
E por mais que
Tão doce sensibilidade
Seja amplamente absorvida
Através de sentimentos,
O poeta capta, interpreta,
Vive e canta o amor;
E sempre será absoluto,
Maior que a dor.
Remove lacunas intransponíveis.
Num tempo é altamente ativo,
Noutro tempo, absorto, estacionado.
Mas sempre inquieto na solidão.
Falando e buscando o amor
Que ficou em algum lugar do passado.
Paulo Izael
Enviado por Paulo Izael em 02/07/2005
Código do texto: T30310
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Izael
São Paulo - São Paulo - Brasil
206 textos (27424 leituras)
1 áudios (171 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:53)
Paulo Izael

Site do Escritor