Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SABIA - SÁBIA - SABIÁ

 
Era só um pedido que você me fazia, sabia
um pedido vazio e nada mais
um desejo que nenhum ser suporta, vai passar
era só um semblante, um instante, um lugar
seu amor está alhures, vai procurar

O que aparece não é o que parece
não é real. Ilusão? Sei não...
sou sábia como você me chama: duvido
o olhar se engana, e isso que você vê mente
era só um poente, um ideal

Recusei sua oferta, essa festa que você me trazia
esse mel, esse anel, esse riso, esse posto
com todo o desgosto, com o fel, era o céu
conteúdo, forma, sua frase. Ah, sua frase!
Teve um dia que foi quase

Continua a procura, jardineiro (isso é o que importa)
sua flor em algum outro canteiro
que o encontro é a morte
vai ouvir cantar sua sabiá, vai lá
em outro terreiro, xará

Ana Guimarães
Enviado por Ana Guimarães em 27/11/2006
Código do texto: T303236
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Guimarães
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
41 textos (3187 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:28)
Ana Guimarães