Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PAROU DE VIVER

PAROU DE VIVER

Mário Osny Rosa

É a morte que vem
Ou a vida que para.
Se parar de viver
Para outra transcender.

O melhor seria dizer
Hoje parou de viver.
Aqui nesta terra
Sua atividade encerra.

Partiu para a eternidade
Ninguém pode julgar.
Com toda simplicidade
Aonde ele vai ficar.

Nem o que vai acontecer
Depois daquela partida.
O que ele vai merecer
Quando da sua chegada.

São José/SC, 27 de novembro de 2.006.
morja@intergate.com.br
www.mario.poetasadvogados.com.br


Mário Osny Rosa

É a morte que vem
Ou a vida que para.
Se parar de viver
Para outra transcender.

O melhor seria dizer
Hoje parou de viver.
Aqui nesta terra
Sua atividade encerra.

Partiu para a eternidade
Ninguém pode julgar.
Com toda simplicidade
Aonde ele vai ficar.

Nem o que vai acontecer
Depois daquela partida.
O que ele vai merecer
Quando da sua chegada.

São José/SC, 27 de novembro de 2.006.
morja@intergate.com.br
www.mario.poetasadvogados.com.br
Asor
Enviado por Asor em 27/11/2006
Código do texto: T303342
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Asor
São José - Santa Catarina - Brasil
1677 textos (36862 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:31)
Asor