Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma Lágrina

Ontem vi correr
uma lágrima em seu rosto
parecia ser a primeira
e nervosa
disfarçastes qualquer coisa
num olhar triste
visível aos olhos nus
de quem nunca a viu assim

Dissestes  ser apenas
um nada
escorregão da mão
sem cuidados
e desvias  teu olhar

Agora posso entender
toda aquela sua emoção
estava eu a fazer
coisas de uma outra pessoa
a quem cedestes  lugar
por próprio interesse seu

Sei tentastes voltar
mas há outra em seu lugar
se foi sua a escolha
de abandonar a cadeira
não há maneira agora
não há como retornar
pois são só dois os assentos
por isso o meu lamento
por isso talvez uma lágrina
por isso talvez sua dor.
CesarO
Enviado por CesarO em 28/11/2006
Código do texto: T303753
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CesarO
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 60 anos
873 textos (24112 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:36)