Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VULGAR

VULGAR

Nada mais vulgar
que se deparar,
com pessoas
que não se assumem.
Dizem que ser vulgar é
querer aparecer,
ou aparecer de forma
agressiva nos
seus tipos de roupa
ou mesmo em gestos, modos,
ou, até no que não é vulgar...

Mas na realidade,
ser vulgar,
é ser irreal,
um ser mortal, aparentar sua irrealidade,
sem a verdade,
e sem escrúpulos,
aparecer em público,
sem ser indiferente,
ao que o mundo escroto
fala da gente,
porque ser vulgar,
é exatamente
ser o que não é,
mostrar ao mundo
o que lhes importa saber,
e não o que importa o ser.
Sentir e colocar pra fora,
Mostrar o que é,
nada mais autêntico.
Patético é não se assumir
e assim,
o autêntico passa a vulgar
e o assumido passou a vulgar também;
porque as pessoas
julgam o que vêem e não o que existe dentro de
cada um de nós.

MB
Mônica Bynot
Enviado por Mônica Bynot em 28/11/2006
Código do texto: T303966

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mônica Bynot
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1493 textos (101114 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:29)
Mônica Bynot