Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


A FACE DO POETA

Guida Linhares

Viajando no pensamento,
chego até você distante,
movida pelo sentimento,
que se revela constante.

Quando vens até mim,
com teu jeito amoroso,
acalentas o coração enfim,
pois estava preguiçoso.

Nem queria mais saber,
de enlevos e devaneios.
Nunca mais se envolver.
Tantas dúvidas e receios.

Te mostravas sereno,
como a brisa da tarde,
que afaga no terreno,
a relva sem alarde.

És tal como o sussurro,
de um tempo a chamar,
o coração antes escuro,
para que volte a brilhar.

Encantamento e magia,
da paixão que renasce.
Em brandas rimas diria:
é o poeta com sua face!

Santos/SP/Brasil
28/11/06


((((( )))))


EL ROSTRO DEL POETA
Guida Linhares
Versión J. Martín

Viajando en el pensamiento.
llego hasta ti distante,
movida por el sentimiento,
que se revela constante.

Cuando vienes hasta mí,
con tu gesto amoroso,
confortas mi corazón por fin,
pues estaba perezoso.

Ya no quería saber más,
de éxtasis ni fantasías.
Nunca volverse a enredar.
Tantas dudas y recelos.

Te mostrabas sereno,
como la brisa de la tarde,
que acaricia en el terreno
a la hierba sin alarde.

Eres cual un susurro,
de un tiempo que llama,
al corazón antes oscuro,
para que vuelva a brillar.

Seducción y magia,
de la pasión que renace.
En suaves rimas diría:
¡es el poeta con su semblante!

((((( )))))

Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 29/11/2006
Reeditado em 13/05/2010
Código do texto: T304379
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Guida Linhares www.guidalinhares.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158407 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:17)
Guida Linhares

Site do Escritor