Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PRIMEIRO DA SEMANA

todo dia,
com graça,
haverá um beijo dado com bastante cuidado,
e um jeito
(daqueles que só um de nós sabemos qual)
de tocar as mãos nos lábios
e umedecer, até mesmo,
o último recato.

aí, um suave despertar
pelo dia esquecido
reacende o fôlego e a arte
de amar
(daquela que não há em nenhum manual)
com um só trocar de olhares,
impulsivos e enxutos,
em ternura única.

Em mim,
só, te guardo,
apesar do horóscopo abrangente
ter-me dito para ser mais organizado.

Em nós
há cirandas
apesar de em  alguns Domingos
voltarmos para a velha casa dos pais.

Na maciez
do teu carinho,
juntamos em tempo, molhados
o perder e o ganhar de horários
para dormirmos só um pouquinho mais.


todo dia,
com ar de graça,
o gosto do beijo molhado, sempre presente,
sentirá o gosto adulto da serenidade
dos amantes, lado a lado,
nus: sem algum recato!

todo dia,
com jeito de Domingo,
será sempre a véspera da segunda-feira,
onde a despreocupação fica adulta,
os amantes, lado a lado,
têm os relógios mudos.

o sorriso de felicidade,
estampado em nosso rosto,
prova que não esquecemos dos Domingos:

beijamo-nos, fim-de-noite,
açucarados qual algodão-doce;
perdemos a hora do pôr-do-sol,
mas vimos o elefante no circo;
comemos pipocas saltitantes
dadas por nossas mãos.

E ficamos definitivamente nus:
um diante do outro,
como todo final de Domingo
onde, cansada, me envolves,
já que o frio tarde vem.

E achamo-nos  quietos juntos:
um pertinho do outro,
com as pálpebras pesadas
da euforia, afinal, cansada
da Segunda não vinda.


O dia-a-dia nos fez viver junto.
Isso é o que importa ao casal:
juntar o útil ao indivisível.
Djalma Filho
Enviado por Djalma Filho em 03/07/2005
Código do texto: T30524
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Djalma Filho http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=686). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Filho
Salvador - Bahia - Brasil
658 textos (19525 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:47)
Djalma Filho