Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MANHÃS DE MAIO

Se for pra cantar, que seja perto de um lago
E que o vibrar seja tão belo que o faça transbordar
Poderia ser um lago pequeno
Um par de olhos
Verdes ou negros
Que ao vibrar se iluminassem
se enchessem de estrelas
Se for pra sentir, que seja como as manhãs de maio
ou um dia como este
de um esplendor insone
tão grande que te revolva os cabelos e te faça voar
e que tenha o som de aves barulhentas e felizes
E se for para amar, que seja pleno de luz, de fogo
Como o alçar vertiginoso do paraquedista
Que acelere o pensamento e o corpo trema
na ventania descontrolada
Sem a proteção de vidraças
Tão intenso que transborde o lago
ou o par de olhos.

Once Upon a Time
Once Upon a Time
Enviado por Once Upon a Time em 30/11/2006
Reeditado em 30/11/2006
Código do texto: T305460
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Once Upon a Time
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
120 textos (5515 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:33)
Once Upon a Time