Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Juvenal, Juvenal vem tirar o leite! São seis horas da manhã, Juvenal, juvenal ...

O dia amanheceu mais rápido que um piscar de olhos
Está tudo cinza, a vida está acinzentada.
Vou devagar e sempre, num divagar que sempre..
Por que não devo nada a ninguém.

Do meu caminho sou eu quem sei.
Hoje como naquele outro dia, daquela outra vida
Acordei, por que talvez eu não dormi
Mas não chorei. Sorri, pensei, versei.

Tentei dormir, não consegui, resolvi escrever
Isso é uma parte de mim, discreta
Que assim se reinventa sem por tensões
Sem pretensões, simples e fácil.

E eu fiquei pensando meu Deus,
Que mundo mais pequeno,
Que mundo mais redondo!
E aquele garoto continua no meu sonho...

Não no de hoje, por que hoje eu não dormi.


Kimito Nakamura
Enviado por Kimito Nakamura em 21/07/2011
Reeditado em 21/07/2011
Código do texto: T3108639
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Kimito Nakamura
Blumenau - Santa Catarina - Brasil, 23 anos
233 textos (18466 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/11/14 06:12)
Kimito Nakamura



Rádio Poética