Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escorregam pelas ruas

o peso de mortes sem sentido
Os sineiros tocam à defunto prematuro
Dos esconderijos da raiva
surgem informações sujas de sangue
Assassinos com feições de vermes
e miolos enrugados
enchem televisões a cores
Pegadas de morte
fortes
firem
Fecham tudas as portas
Ataúdes abertos mostram-se
no nojento marco
duma sociedade em declive
Cruz Martinez (da Galiza)
Enviado por Cruz Martinez (da Galiza) em 23/07/2011
Código do texto: T3114285

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cruz Martinez (da Galiza)
Portugal, 57 anos
18 textos (305 leituras)
2 áudios (37 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/06/17 18:16)
Cruz Martinez (da Galiza)