Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DeSCoNVeRSaNDo a CoNVeRSa

__ Se te imploro, me ajuda!

__ Não posso. Eu também te peço.

__ Então deste medo nosso,

começa pelo começo.

__ Não tenho o endereço, não posso,

 sem ter  chave, sem segredo,

 abrir nosso cofre de medos.

  Enrolas em dor tão aguda

 não tem ponta, este novelo.

__ Se assim dizes, ajudas!

Enquanto moves, desvenda

da dor, a topografia,

eu faço uma poesia

em teus desmandos,  me velo.

__ Tua poesia me engana,

 pior, ela engana a ti.

__ Então, via anatomia

vá à cata da alegria

do coração e suas lendas.

__ Não posso, meu dizer é nosso

teus versos, são de ninguém,

mentindo aqui e ali.

Teu suplício é um rosário

de dor e a dor é mentirosa.

__ Eu tenho um breviário

e nele guardo uma rosa

 murcha, de inteira verdade,

de não vivida saudade.

__Saudade morta  é mentira!

Fui eu quem errou a mira

dedilhando prece em prosa,

jurando fora de hora,

te crendo, te dando a rosa

Rosas em nicho de dor,

não dão espaço pro amor.

Melhor calarmos, por ora...

__Estamos até o pescoço

nesta areia movediça.

 A ilusão caiu no fosso

o fogo, não mais se atiça.

Olha, não briga comigo.

Estou sendo esvaziada

 por dentro, pela serpente

que me suga no batismo,

com o nome de doente.

A vida me pôs de castigo

num sempre olhar o poente.

---Nesta incrível paisagem

início da nossa viagem

nesta saga de mentiras,

quem de nós é o que retira

a pedra das nossas sandálias,

em nova trilha sem falhas?

__Desculpa-me, não consigo!

Nem sei mais se estou comigo.

Castigada em tempo curto

 não sei se canto ou se surto.

Eu tenho uma amiga de infância,

conhecida  dia desses.

Diante das circunstâncias

ela enxugou meu texto

 retirou erres e esses,

 deixou o  necessário resto

e o respeito aos meus erros

 Me disse, de mim  do-ente

 do exílio, ex-ilha, desterro

Não é que fiquei contente,

 neste me haver comigo

 com tempo só pro antigo,

no desmanche do presente...

...?...
Elane Tomich
Enviado por Elane Tomich em 04/07/2005
Reeditado em 16/11/2005
Código do texto: T31154
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elane Tomich
Teófilo Otoni - Minas Gerais - Brasil
319 textos (11467 leituras)
1 e-livros (126 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 10:37)
Elane Tomich

Site do Escritor