Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANÇÃO NOTURNA

Silêncio gris, noite pequenina
lua vergada, madrugada urgente
casinha simples por sobre a colina.
 
Noite adentro solidão crescente,
seus lábios pretos me dirão suaves
palavras gastas, repentinamente.
 
E o poeta (criatura esparsa)
sorve a noite gota a gota; o brilho
momentâneo dessa bela farsa.
 
Casinha simples por sobre a colina,
lua vergada, madrugada urgente,
silêncio gris, casa pequenina.
Enzo Carlo Barrocco
Enviado por Enzo Carlo Barrocco em 05/07/2005
Código do texto: T31317
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Enzo Carlo Barrocco
Belém - Pará - Brasil, 56 anos
733 textos (134435 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:54)
Enzo Carlo Barrocco