Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Furação...



 Eis que surge, como quem nada quer...
O furacão num rompante
 e de forma inquietante
 quase assusta a mulher

 Move-se com dificuldade
 a moça que tenta entender
 Mas eis que com docilidade
 O furacão se faz conhecer

 Um sorriso se inicia
 expondo toda emoção
 expressando a alegria
 que a mulher pressentia
 pulsando em seu coração

É que justo aquele dia
 uma vaga sensação
 de singular harmonia
 acontecia sem explicação
 Sem se dar conta, sorria.
 entrando na fantasia
 deste estranho furacão!




Priscila de Loureiro Coelho
Consultora de Desenvolvimento de Pessoas
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 05/07/2005
Código do texto: T31445
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215168 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:40)
Priscila de Loureiro Coelho