Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Jornada do imponderável



Vem, convido-o a me acompanhar
Vamos percorrer juntos esta estrada
Onde não mora o medo, nem a saudade
Onde a desilusão não pode entrar
E o desamor não pode nada
Frente à inexistência da maldade

Vem, caminha ao meu lado silencioso
Observa como é belo este lugar
Como oportuniza o devir
Deixa-se levar mesmo manhoso
Quem sabe o tempo venha restaurar
A dimensão que perpetua o sentir

Vem, como se fosse apenas peregrino
Caminhando pelo vão da realidade
Desvendando o mistério do pavor
Vem, entrelaçando com o meu, o seu destino
No espaço que ocupa a eternidade
Na densidade que oculta o amor









Priscila de Loureiro Coelho
Consultora de Desenvolvimento de Pessoas
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 06/07/2005
Código do texto: T31456
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215169 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:53)
Priscila de Loureiro Coelho