Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O POETA, O AMOR E A NOITE

O poeta, o amor e a noite, são amantes universais!
Travam silenciosas batalhas na alma,
lado a lado, sem complexos entendimentos,
convergem na sintonia dos sonhos e realizações.
No deleite simples, ao interesse da sensibilidade!
 
Nem tudo é tão imperfeito que não careça do poetar.
Como não há verossímil perfeição que não ancore no amor.
Pois não existe a eternidade sem o colo gentil da noite,
que nos acolhe suavemente nos braços da pessoa amada,
fazendo-nos nobres em nossos desejos de plebe.
 
Dizem que são tolos os poetas...
Assim como para tantos, há tolice no amar!
Nada mais são que arautos do lirismo,
esse, assassinado pela vida louca,
que destrói os homens na produção do capital!
 
Assim sendo, confortavelmente cabe perguntar:
A quem não serve o silenciar noturno,
e seu estrelado convite a reflexão e ao recordar?
Eis aqui a deixa para a triangulação dos amantes,
O poeta, o amor e a noite!

Jayme Tijolin
Enviado por Jayme Tijolin em 14/09/2011
Reeditado em 15/09/2011
Código do texto: T3218405

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve sitar a autoria de Jayme Tijolin e a data e código de publicação no Recanto das Letras. http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.5/br/ ). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jayme Tijolin
Betim - Minas Gerais - Brasil, 47 anos
174 textos (13541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 07:09)