Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sei lá

Ando querendo chutar tudo que não se move
tudo é muito morto e meio morno
quero me queimar em fogueiras que tua língua acende
Me empresta a luz dos teu olhos e me faça
tão perdido como um cometa
tão sozinho como um vagabundo na beira da estrada
tão maluco como qualquer um.
Respondo cartas e telefonemas
um tio morreu de cancêr e meu avô de tristeza.
Um amigo casou e outro se separou
a garota que eu quis se atirou do terceiro andar
e eu só faço poeminhas em linha reta
Gravo poesias pra poder ouvir antes de dormir
e olho as estrelas com a carta celeste nas mãos
não quero me perder
não quero pedir arrego
quero colo apenas
quero sonhos
quero pecar
quero andar
formigas fazem trilhas pequenas
saudade que dói demais
não desligue seu celular por que vou te ligar hoje de noite...
enquanto estou vivo nada acontece direito
Jim d
Enviado por Jim d em 08/07/2005
Código do texto: T32217
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jim d
Tupã - São Paulo - Brasil, 38 anos
46 textos (1877 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:12)
Jim d