Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Surdo Canto do Perdigão

 
Tinha o tento nos gestos, no voar;
Os seus olhos de esconso, tiritantes,
Albergavam-se no seio do vento.
Nas suas coberteiras flamejantes
Adargava o pipilado amoroso,
E sibilava cantochões vagantes!...
Alça o canto das matas, perdigão,
Ave das noites turvas, ululantes,
E aconchega nas telas dos amores,
Os carmins, e as ressacas dos mirantes...
Cristina Pires
Enviado por Cristina Pires em 11/07/2005
Código do texto: T32891

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cristina Pires
França, 51 anos
87 textos (6699 leituras)
1 áudios (37 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:54)
Cristina Pires