Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRA VOCE


Eternamente, ausente de amar

Permanecer no limbo, no inferno

Já nem espero achar meu lugar

Em teu coração, doce e terno.



Onde te alcanço, por onde eu passo?

Qual o caminho deste teu altar

Templo de amor, no teu peito não acho

Imploro, insisto, mas não sei entrar



Viver um pro outro, esse era meu sonho

Meu peito clama, e ama e reza

E essa saudade, castigo medonho


Por coisas banais, eu fui preterida

Amo tanto e sofro por quem me despresa

Minha vida eu daria, se secasse a ferida.
Once Upon a Time
Enviado por Once Upon a Time em 11/07/2005
Código do texto: T33026
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Once Upon a Time
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
120 textos (5515 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:09)
Once Upon a Time