Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMO NUNCA AMOU

Nada a lamentar, embora o vazio
Obra de arte sem forma e cor
Quase nada a me queixar, só o olhar sombrio
Poesia sem rimas, ausência de amor!

Sem amor viver, pipa sem fio
Céu sem sol. noites sem fulgor
Nada me arrepia alem do frio
Ou tarefa inútil, sem valor

História sem fim nem começo
Amor que nasceu e se acabou
Como enviar carta, sem endereço
Te amar, como voce nunca me amou!
Once Upon a Time
Enviado por Once Upon a Time em 11/07/2005
Código do texto: T33031
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Once Upon a Time
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
120 textos (5515 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:39)
Once Upon a Time