Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olhos de guerreiro


Nunca os vi
Apenas os pressinto
Sentindo-os através de tuas falas
Mas desde que os percebi
Sinto-os quase famintos
Na ilusão que o embala...

Teus olhos são janelas da alma
Como dizia o poeta
Desvendando um universo ilimitado
Em tua maneira, silente e calma
A vida, bem sei, interpretas
De um modo inusitado!

Teus olhos me intrigam
Atraem para ti, minha atenção
Seduzindo-me em tua peculiaridade
Teus olhos, docemente, me abrigam
Aguçam minha imaginação
Fazendo-a mergulhar em tua dignidade

Teu olhar...Deduzo, brejeiro
Com um quê de terna malícia
Revelando-te encantador
Olhar de belo guerreiro
Que quanto mais me atiça
Mais me faz pensar no amor...











Priscila de Loureiro Coelho
Consultora de Desenvolvimento de Pessoas
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 11/07/2005
Código do texto: T33071
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215245 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:29)
Priscila de Loureiro Coelho