Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TODA CRIANÇA MERECE RESPEITO**

A criança vadia dorme sozinha,
atirada num canto da cidade
que nada lhe dá.
Só tem como coberta
o fogo do seu sonho pra lhe esquentar.
Seu acalento é um outro destino,
diferente daquele que enfrenta:
casa, comida, família e um pequeno cão
para acariciar

O básico lhe é negado.
A vida só lhe faz cortes e atira o sal
e não há mãos para lhe curar,
somente o vento gélido
vem naquele momento lhe abraçar.
A cidade em seu lençol cinza
dorme tranqüila
Dormirá?


cp-araujo@uol.com.br
Célio Pires de Araujo
Enviado por Célio Pires de Araujo em 12/07/2005
Reeditado em 21/10/2006
Código do texto: T33227

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Célio Pires de Araujo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Célio Pires de Araujo
São Paulo - São Paulo - Brasil
1075 textos (32931 leituras)
2 e-livros (236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:36)