Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FIM DE TARDE

O SOL IA SE ESCONDENDO,
E A LUA VINHA REINAR.
EU NOS SEUS BRAÇOS MORRENDO,
DE AMOR PARA TE DAR.

A TARDE IA SUMINDO,
E A NOITE OCUPAVA O LUGAR.
E EU BAIXINHO DIZENDO,
BENZINHO VENHA ME AMAR.

NÓS DOIS DE MÃOS DADAS SAINDO,
E A LUA NO CÉU A BRILHAR.
O MAR, SEM QUERER, NOS OUVINDO,
CANTANDO SUAVE, PRÁ NÃO PERTURBAR.

AS ESTRELAS DE LONGE NOS VIAM,
E AS ONDAS VINHAM NOS MOLHAR.
E A AREIA DA PRAIA RANGIA,
VENDO A GENTE SE BEIJAR.

AMOR COMO O NOSSO NÃO EXISTE,
PODE A NATUREZA FALAR.
MEU BEM UM DIA EU LHE DISSE,
COMO É GOSTOSO TE AMAR!
Vera Ribeiro Guedes
Enviado por Vera Ribeiro Guedes em 12/07/2005
Código do texto: T33304

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site www.recantodasletras.com.br/autores/vera). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vera Ribeiro Guedes
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 54 anos
131 textos (41796 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:55)
Vera Ribeiro Guedes