Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IGREJA DOURADA

Beco do seminário .
Um cheiro forte de madeira
gesso e seiva de bananeira .
Enormes portais verde folha .
Brilho do ouro laminado em pó .
Enfim São Francisco e o Cristo
do escultor Pedro Ferreira .

Ecos de querubins e amorecos
castrados - mesmo assim , belos -
sustentados por Atlantes
em colunas de Salomão
de coração de argila , pedra
e sangue , banhado em óleo de baleia .

Tudo permeia o Divino .

Na capela dos escravos
sob as torres da opressão
ecoam gritos de liberdade .
O Espírito Santo no teto
observa atento a dor de Alcântara ,
o Pedro , de Inácio da Costa .
E a porta paravento tudo esconde .

Na clausura o silêncio
da voz de Horácio em azulejos
representando Teatro da vida .
E entre volutas e capitéis distribuidas
diversas Fênix ressurgem
guardadas pela águia do portal
da Ordem Terceira de Francisco .

Nos olhos a obra de quaresma - construtor .
Nos ouvidos a voz de Ávila - benfeitor .
Um cheiro forte de Bahia , de dendê ,
envolvendo peças de jacarandá .
Na alma a beleza do Barroco .
No coração só um desejo louco
de ali ficar : com o Criador .
Tórtoro
Enviado por Tórtoro em 12/07/2005
Código do texto: T33326
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tórtoro
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, 67 anos
176 textos (27931 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:27)
Tórtoro