Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOTÍCIA DA MORTE



Lembro,
Que a tua presença
Em noite chuvosa
Era minha sentença.

Caminhada infeliz,
Ausência de sorte.
Numa carta,
Relatos disformes.

Fulgor descorado.
Querer indecente,
Somos perdedores,
Um esboço de gente.

Destino fúnebre,
Vida destrutiva.
Contínuos sofrimentos,
Agonia repetitiva.

Ouvi vozes
Do mundo de lá.
No jornal,
Notícia da morte.

Sorvi o alvor da separação.
Arrepiantes feições desfiguradas,
Numa aparição macabra,
A presença da morte.

O esmorecer do corpo.
Nuances de jardim florido.
O apagar da chama,
O caotizar do descolorido.

Premonição fatal,
O respiro a fadar.
Numa singela inscrição,
Uma lápide a me lembrar.

Uma aura negra.
Um grito, um gemido.
Demônios em procissão.
Tudo estava sucumbido.
Paulo Izael
Enviado por Paulo Izael em 12/07/2005
Código do texto: T33478
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Izael
São Paulo - São Paulo - Brasil
206 textos (27425 leituras)
1 áudios (171 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:19)
Paulo Izael

Site do Escritor