Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TUDO**

Tudo são mãos pedintes do farol
Crianças caídas nas calçadas clamando saídas pra suas vidas perdidas

Tudo são ruelas tristes e escuras
Gente simples na favela fazendo força para que a vida ali floresça

Tudo são crianças abandonadas
nos apartamentos com seu videogames em solitárias batalhas

Tudo são famílias em dispersas
em guerras internas neuróticas e fartas discórdias


cp-araujo@uol.com.br
Célio Pires de Araujo
Enviado por Célio Pires de Araujo em 13/07/2005
Reeditado em 21/10/2006
Código do texto: T33913

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Célio Pires de Araujo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Célio Pires de Araujo
São Paulo - São Paulo - Brasil
1075 textos (32933 leituras)
2 e-livros (236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:53)