Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Que se chama Amor

Que se chama Amor.




Por quê será que tem que ser assim?
Seguindo numa longa estrada que apesar de curta, nunca chega ao fim.
Por quê será que tem que ser assim?
Estar perto dos meus olhos, mas distante...longe de min.
Por que será que bate a saudade e mesmo esquecendo eu esqueci de esquecer?

Por quê as doces lembranças se o final é pranto que não quer parar.
Por quê pensar no passado se sou fruto de um presente que voa como um querubim?

Na verdade tento esconder sem me entristecer mas não tem jeito não.
Vem aquela vontade de voltar voltando sem pensar no tempo ou na solidão.
Dá vontade de abraçar meu mundo e dizer p´ro mundo minha solidão.
Do quê importa a beleza quando a natureza por si só se traduz?
É como revelar a face e mostrar um lado sem ter cicatriz.
Quem sabe nestes poucos versos posso extravasar e ainda ser feliz, buscando cutucar a parede e matar a sede Despejando goela a dentro um líquido poderoso, apesar de amargo,  muito gostoso e o seu lindo nome ainda é AMOR.

Wilson de Souza, Inverno 2005
WILSINHO ABECE
Enviado por WILSINHO ABECE em 13/07/2005
Reeditado em 23/08/2009
Código do texto: T33923

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
WILSINHO ABECE
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 53 anos
33 textos (2209 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:07)
WILSINHO ABECE