Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Utopia

Se algum dia voltar a flechar meu coração,
Fique sabendo... Eu já morri de paixão.

Quantas vezes o cigarro apagado, cinzeiro molhado,
O pranto e a dor.
A fumaça que engasga a garganta,
Desfaz a esperança de um sonho de amor.

Apagaram-se as luzes da vida,
Não tem mais ferida prá cicatrizar,
A nascente que existe no poço,
São meus olhos tristes que estão à chorar.

Já cansei de chorar ao relento,
Buscando argumento prá ti ver voltar.
Já cansei de fazer poesia,
Buscando Utopia de um homem a chorar.
Apagaram-se as luzes da vida,
Não tem mais ferida prá cicatrizar,
A nascente que existe no poço,
São meus olhos tristes que estão à chorar...



(Wilson de Souza / Paulo Izael / Donizeti Cabeça)
Setembro,1992
WILSINHO ABECE
Enviado por WILSINHO ABECE em 14/07/2005
Reeditado em 23/08/2009
Código do texto: T34129

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
WILSINHO ABECE
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 53 anos
33 textos (2209 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:36)
WILSINHO ABECE