Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lágrimas, lírios e leito vazio


As flores recolhí
por entre caminhos plastificados
sofisticados como sol invisível

Irrisível manhã de nenhum
esplanadas,
nadas coloridos
sobras de mãos tocando peito

Alcova de prantos secos
dias únicos
todo os dias

Metade inteira
ainda que refeita
segue ao coração das letras
pés no chão, amor nas estrelas

Despejo peso acúmulo
solto alto vôo queda segura
pneuma salvador

Amor
sem dias contados
ardor
união de enlutados
leandro Soriano
Enviado por leandro Soriano em 15/07/2005
Código do texto: T34551
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandro Soriano
Santos - São Paulo - Brasil, 59 anos
199 textos (8370 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:24)
leandro Soriano