Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAIU A ÚLTIMA ESTRELA

Verdades foram sacadas
de nossas almas entediadas
vivendo só de aparência.
Os lábios ficaram secos,
as lágrimas brotaram nos olhos,
caiu do céu a última estrela,
deixando no ar notas soturnas
do canto do nosso adeus.
Não vamos nos estilhaçar,
restaram os frutos da árvore
da vida que vivemos um dia.
Sigamos nossos caminhos
aprendendo a ouvir por dentro
as palavras sensatas do coração.
Inalteráveis, elas atravessam o tempo,
com a mensagem no seu bojo,
um longo grito  na noite
e  nós, surdos, não as ouvimos.
16/07/05.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 16/07/2005
Reeditado em 29/07/2005
Código do texto: T34731

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343075 leituras)
19 áudios (10579 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:45)
Maria Hilda de Jesus Alão