Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MALDITO É

Maldito é quem
Ousa tripudiar
Sobre o conformismo
Os valores
E os objetivos.
 
Maldito é quem
Nada contra a corrente
À procura da verdade
Mesmo correndo o risco
De se afogar no rio
Desconhecido do Caos
Que tudo cria e transforma.
 
Maldito é quem
Transcende suas paixões
Buscando nas sombras
O equilíbrio interior
E seu lugar no universo.
 
Maldito é quem
Abraçando a idéia do Bem
Mergulha em desafio
De seu próprio ideal
No extremo antípoda
De todas as coisas
Para entender e aceitar
As contradições do ser.
 
Maldito é
Então
Todo reflexo
Do Bem ou
Do Mal.
 
Maldito é quem
É desacreditado
Desde o começo
E que consegue
No fim de seu périplo
Alcançar o objetivo primordial.
 
A Plenitude.
 

Jean Pierre Barakat
Enviado por Jean Pierre Barakat em 05/02/2005
Reeditado em 22/01/2013
Código do texto: T3478
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jean Pierre Barakat
Fortaleza - Ceará - Brasil, 53 anos
111 textos (4960 leituras)
1 e-livros (96 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:08)
Jean Pierre Barakat