Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ROTA

Eis a carta ao Universo.
Nunca escrevi assim,
O que a alma, em verso,
Com clareza, traduziu.

A mensagem é acometida
À vozes do Supremo Ser.
Por amor a ela, uma vida
Entregou-se ao renascer.

Eis a rota do meu sentido
Surdo e cego: eis uma razão!
Eis o olhar! Abraço amigo!
Eternos altares pra devoção.

O ser, em sonho, se alinha
Ao Todo na noite estrelada.
E o astro que no céu brilha
É salvação. Ou uma cilada?

© Jean-Pierre Barakat, 11.01.2004
Jean Pierre Barakat
Enviado por Jean Pierre Barakat em 05/02/2005
Código do texto: T3496
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jean Pierre Barakat
Fortaleza - Ceará - Brasil, 53 anos
111 textos (4956 leituras)
1 e-livros (96 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 22:28)
Jean Pierre Barakat