Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BRANCA DE NEVE E OS 7 ANÕES


Branca como a neve
Como se atreve
A desafiar quem não deve

O anão do desprezo
Deixou-a de lado
No chão, atirada

O anão da vaidade
Largo-a no mundo
Sem um motivo qualquer

O anão da maldade
Brincou com sua sanidade
Destruindo sua integridade


O anão da inveja
Deixou-a sem jeito
Roubando-lhe direitos

O anão da hipocrisia
Vomitou-lhe sua azia
Quebrando-lhe a maestria

O anão do abandono
Levou-a ao desespero
Tirando-lhe a razão

Toda história que se preza
Requer final feliz
Assim, o anão aprendiz
Conhecido como amor
Livrou-a da dor
Clareou suas idéias
Devolveu-lhe o juízo

E foram felizes para sempre!

Denise
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 17/07/2005
Código do texto: T35059

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916762 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:24)
Denise Severgnini