Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nosso mundo...

Ao etéreo e maravilhoso sistema ao longo de cada chama,
o imenso sobre a vasta sintonia humana.
Redescobre em seus sentidos, o limiar de uma fama.

Criado e endeusado, por seus limites e belezas,
nos condiciona ao delinear de seus encantos e sutilezas.

Se abre a todas as nações e conclui seu idioma.
Com a mesma língua e o mesmo jeito de viver,
faz-nos todos muito semelhantes.

Sua cores são triviais normais, para se deliciar de intensa magia.
Sua paisagem, a mais rica alegria!

E os seus acordes, notas musicais coloridas.
Um conjunto de nefasta e nobreza,
a perpendicular a sua maneira.

Cada espaço criado e formado.
Universo de estranha doçura, qual criatura a exercer seus direitos.

E em sua Galáxia o explendor se expande,
num exagero infâme de ser único e inebriante.

A beleza ainda oculta e seus dotes profanos,
a filtrar sem renome sua imagem febril.
Quanta energia unida e tão distribuída,
a cada movimento seu.

És belo e impávido, como tudo que existe.
Meu mundo persiste, de leis e grotões.
Te sinto menino, ao colo de Deus.
E sem nostalgias imitas a tia, que o tempo não deu.

Hospedas sem medo o vilão e o segredo,
que um dia te implode.
E mesmo sofrendo, transmite auforria aos seus impiedantes.

Quanta beleza unida e distribuída aos vãos corações.
Que dissimulado e intrépido revolucionário,
que desperta sensações.

Ao longo da vida se destrói se constrói,
e embeleza nossos dias...
Mundo meu mundo, que sacias a fome e introduz a coragem.
Dá aos seus habitantes, a certeza constante de ser nossa imagem!

Vida maiúscula de leveza e luta, aos que rodeiam por ti.
Sentidos concretos de arte, enviastes a luz da razão.
E quando se ilumina, a arte fascina e dá espetáculos de paixão...
Izabel Silveira
Enviado por Izabel Silveira em 19/07/2005
Código do texto: T35655

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Izabel Silveira
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 58 anos
41 textos (3420 leituras)
3 áudios (237 audições)
7 e-livros (408 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:24)
Izabel Silveira