Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A DAMA DE VERMELHO

Olhar lânguido pela janela,

tímida lá estava ela,

mas de repente,

feito estopim aceso,

eclética, elétrica, frenética,

desata tudo, tudo

que estava preso,

libera sensualidade,

nua e atrevida personalidade,

surge então:

a Dama de Vermelho!

trazendo a magia da sedução,

refletida na tela, no espelho,

revelando fascínio, fascinação

no riso escravizante,

pela conquista do esperado coração,

que  há muito existia,

porém a "outra" não via ....


direitos autorais registrados
Fundação Biblioteca Nacional
Rio de Janeiro/Brasil
ANDRADE JORGE
Enviado por ANDRADE JORGE em 19/07/2005
Código do texto: T35805
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANDRADE JORGE
Jundiaí - São Paulo - Brasil
1027 textos (89993 leituras)
26 áudios (1819 audições)
2 e-livros (330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:57)
ANDRADE JORGE