Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ABSURDAMENTE BARROCO

os olhos borrados de Letícia
gastos pelo chorar barroco,
desmancharam-se em pingos de ouro-fútil:
agora convulsos, amanhã naturais

os olhos borrados de Letícia
represaram todos os sofrimentos
antecipados pela falta da felicidade mais inútil:
até mesmo quando os sóis do mundo a incendiavam
consciente estava incessante em seu chover.

Nenhum homem gostará de mulheres choramingas
de olhar triste-barroco, assim como chorará sempre Letícia!...

antes mesmo de namorar,
imaginou que a separação, um dia, viria mesmo
quando o desencontro não beirasse o inevitável

os olhos borrados de Letícia,
ainda cheios de maquiagem,
derramar-se-ão em tons cheio de arco-íris:
agora adultos, maduros, idosos antecipados.

Nenhum homem gostará de acordar ao lado de mulheres com olheiras.
Elas os farão envelhecer cada vez mais e mais cedo,
por mais precoces que sejam os pés-de-galinha de Letícia!...

todos seus prováveis namorados,
dela se separaram carregando a idade da tristeza
e uma enorme quantidade incontável dos lenços descartáveis
que jamais conseguirão estancar o chorar barroco dos olhos de Letícia!
Djalma Filho
Enviado por Djalma Filho em 20/07/2005
Código do texto: T35916
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Djalma Filho http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=686). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Filho
Salvador - Bahia - Brasil
658 textos (19519 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 07:14)
Djalma Filho