Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Linha 0110

Rostos sem expressão.
Passam avenidas, e viadutos,
e estações, e favelas
e continuam os mesmos olhos semi-mortos de antes
olhando para o horizonte que já nem existe mais.
Pode ser que estejam sentindo alegria,
dor,
pensando ma família, no namorado,
no prato de arroz e feijão
mas tudo o que eu vejo são rostos sem expressão
pois não há lugar ou tempo para sentimentos.
A inércia do ser,
no solavanco do ônibus...
Dawn
Enviado por Dawn em 20/07/2005
Código do texto: T36029
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dawn
São Paulo - São Paulo - Brasil, 32 anos
19 textos (978 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:23)