Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Raio X

Angélica T. Almstadter

O mundo que me compõe
Tem pedaços atrevidos
Bússolas onde me oriento
Uma certa ausência que se impõe
Nas cotas de amores divididos
E muitos risos sem contentamento
Meu traçado de equações
Se perde em inúmeras fórmulas
Pelas respostas confusas
Das conclusões obtusas
Esse mundo carregado de lavras
Mexe com umas tantas mesmices
Outras porções de tolices
É meu celeiro de travas

Sou regida por um olhar atento
Encolhendo dentro das saias justas
Um misto de sombra e alento
Nas aflitivas buscas
Sou ar rarefeito e defeito
Dos matizes da lua solitária
Semeando sonhos no leito
Sou mesmo visionária
Uma composição que invento
Com as cores da minha aquarela
Pincelando solidão no vento
Pelo amor que esfarela
Sou ferro guza
Ilusão que não se usa

Estou minguando nas luas
Roendo dor e saudade
Estampada de emoções nuas
Sem prazo de validade
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 06/02/2005
Código do texto: T3634

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55636 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:27)
Angélica Teresa Almstadter