Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0004 - Deixe-me passar



Há sempre mais um atalho à frente,
em algum lugar tem outra paixão,
nunca será como nós,
vai ser apenas mais um esconderijo...

Não somos apenas mais um casal,
estranhamos as distâncias,
não deveriam existir regras, portais,
construiremos paredes se mudarmos do outro.

Se quer, deixe-me passar da sua vida,
ainda que goste,
ainda que ame,
ainda que eu seja seu caminho.

Quando sentir o frio da ausência...
Preciso do seu corpo mais que do meu,
não me permito implorar,
já estou sendo destruído pela solidão.

Escrevi seu nome a fogo no meu destino,
ficou mais que uma tatuagem, está aqui,
volto a sorrir, só por lembrar seu nome,
pode estar certa, mas não vivo sem você.

06/10/2004
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 07/02/2005
Código do texto: T3685
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116052 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/16 12:42)
Caio Lucas