Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Confluência



Sua presença é sentida
Deixo que o pensamento me leve
Voando livre até você
Não há ponto de chegada ou de partida
Na verdade, o vôo é breve
O suficiente apenas para me deter...

Sua presença ronda meu espaço
Acompanhando meu cotidiano
Como uma brisa, que se espalha, enfim
Entre nós, o aconchego de uma abraço
Aproxima-nos, sem mostrar-se leviano
E o traz direto para mim

Linhas perpendiculares,
Ângulos e co-senos irrisórios
Parabolizam sem explicação
Há mistérios seculares
Em arranjos permanentes e provisórios
Constituindo uma amarração

Estradas, atalhos, veredas
Pinguelas bem esquisitas
Trilhas serpenteadas
Nossas almas se encontram em alamedas
Que permitem, junto ao mar de mariquitas
Permanecerem silenciosas e entrelaçadas.







Priscila de Loureiro Coelho
Consultora de Desenvolvimento de Pessoas
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 22/07/2005
Código do texto: T36893
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1289 textos (217452 leituras)
1 e-livros (149 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/06/17 08:01)
Priscila de Loureiro Coelho