Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANTOLOGIA


Espero.
Aqui
Sentado em solidão
Num sol que não existe
Espero...
Odeio aqueles pombos que beijam
A inveja que me fazem, amando,
Porque não te tenho,
Por ter a noite
Que dantes era tua,
Por não te ter a ti,
Réstia da minha lua,
Que o sol cobriu.

A primavera da minha vida
Foi contigo...
Agora...
Aqui...
Sentado em solidão
De pobres sem abrigo
Espero...


Ressoa

In "POEMAR" Hugin Editores ano 2000 - www.joaomoutinho.com
pode ouvir aí os poemas ditos pelo autor
ressoa
Enviado por ressoa em 24/07/2005
Código do texto: T37201
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ressoa
Portugal, 67 anos
72 textos (1879 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:02)
ressoa