Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU QUERO A PAZ


Senhor, eu quero a paz!
Sei que existo por tua obra,
Aprendendo essa existência me faz
Dirimir a dívida que a vida cobra.

Quero ser forte por tua graça, Senhor,
Trilhar teus caminhos sem sombras
E quando me assaltar a dor,
Eu quero tua voz como trompas

Na sinfonia do teu amparo.
Não quero me sentir inútil,
Pela prostração se paga caro
Permita que até o fim eu seja útil

Mesmo com a limitação vinda dos anos.
Concede-me a graça da sabedoria
Para ensinar aos irmãos, sem danos,
A glória de viver em Ti com alegria.

Não quero igrejas de pedras nem cultos
Porque teu templo é a natureza,
E nas almas dos cultos e incultos
Deixas tua mensagem com clareza.

Toda vez que quero falar contigo,
Vou  à praia e espero o sol sair
Ou à sombra de arvoredo antigo.
Às vezes espero a chuva cair,

Para sentir nos olhos, no meu rosto,
O sinal: - Filha, ouvi teu lamento...
Então colho, no jardim, flores de agosto,
Lanço-as desfolhadas ao vento

Minha modesta oferta de gratidão
Pela honra da tua audiência,
Pelas orientações vindas do teu coração
Para esta filha que a Ti deve obediência.

Aprendi que é em tuas mãos
Que devo deixar as aflições cotidianas,
E a ouvir os conselhos dos espíritos irmãos
Nas ritmadas batidas cordianas

Quero a tua presença e tua paz comigo,
Quero o teu amor infinito
Meu pai, meu irmão, meu amigo,
Que ouve no espaço o meu grito.
24/07/05.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 24/07/2005
Código do texto: T37214

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343046 leituras)
19 áudios (10579 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:26)
Maria Hilda de Jesus Alão