Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RÉ CONFESSA

Sei que o meu silêncio
só fez ecoar feito um grito
abafado, mudo e saltando
pelos meus olhos vendados.
No mais, sei também que só serviu
para expor os estragos que fiz.
Sei, aceito e confesso.
Não quero clemência
E nem peço.
Carrego, entre meus muitos defeitos,
esta total falta de jeito
de não saber te fazer feliz.
Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 25/07/2005
Código do texto: T37501

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154012 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:45)
Débora Denadai