Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VISÃO

Um anjo bateu lá em casa
à meia-noite em ponto
Já tinha feito minha cama,
dentes com escova escovado
Pra dormir estava pronto

O anjo entrou reluzente
com luz a sair-lhe dos dentes
O anjo sentou e quis conversar
Conversas de noite, de papos de anjo,
palavras doces, sutis sem ardis

O anjo passou toda a noite
a contar-me estórias
Estórias vividas de amor rechaçado,
de crime vingado, de beijos roubados,
de coisas achadas ou soltas na vida

Rasgou lá no peito com muita emoção,
tirando de dentro o seu coração
Assim eu dormi escutando esse anjo
e quando acordei, na barra do dia,
eu vi que o anjo partia

© Fernando Tanajura

Fernando Tanajura
Enviado por Fernando Tanajura em 25/07/2005
Reeditado em 20/11/2015
Código do texto: T37556
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Fernando Tanajura). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Tanajura
Estados Unidos
1467 textos (154808 leituras)
1 e-livros (154 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:31)
Fernando Tanajura