Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIVROS, LIVROS

A cada livro que bate à porta,
esvoaçando as asas da Poesia
– solidão, medos, amores,
poema ornado de flores,
ou qualquer matéria da vida –
fico sempre esperando o novo:

algum louco
com guarda-chuva
ao sol tórrido,
alguém tomando sorvete
em meio à neve,
ou quaisquer bruxarias
que nos tornem santos,
ou aqueles amores
que nos fazem diabos,
traidores inconfessáveis.

A cada vez que abro o livro,
tudo pode acontecer a ambos,
autor e  o condenado
a ouvir e ruminar a estória.

O que não muda é a saga de viver:
esta doida trapaça
de querer mudar o mundo.

Do livro OVO DE COLOMBO. Porto Alegre: Alcance, 2005, p. 71.
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 25/07/2005
Reeditado em 26/09/2005
Código do texto: T37676
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2581 textos (709754 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:26)
Joaquim Moncks