Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ultimato

Desejo algo que arda minha pele
mas que não seja fogo de palha.
Que venha me tomando inteira
mas que não seja coceira.
Que me faça sair de órbita
sem ser a falha da carótida.
Desejo algo que me eleve,
me sublime,
me enalteça,
me engrandeça,
me satisfaça
e que não seja, cachaça!
Desejo algo que acorde
todos os meus sentidos latentes
desde que não seja, dor de dentes!
Como desejo final, desejo que a vida aconteça!
E como não sei dissimular, acautelar e ponderar
vou te dar um ultimato:
não espere eternamente... APAREÇA!!!
Dora Leal
Enviado por Dora Leal em 26/07/2005
Código do texto: T37980

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Dôra Leal). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dora Leal
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
501 textos (25411 leituras)
1 e-livros (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:51)
Dora Leal