Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pai,escuta...
Quero lhe falar...
Acabei de descobrir
Que nunca deixei de te amar.
Pai...
Sabe, preciso de você,
Quero que saiba
Que nunca vou te esquecer.
Pai...
Lembra quando eu era criança?
Quanta esperança!
Queria que soubesse
Que o motivo da minha mudança
Foi entender só agora
Que o amor que você sente,
É gostoso e diferente
É terno e quente,
É amor pra toda vida
É coisa de gente querida.
Pai...
Desculpe se te magoei,
Desculpe se não te amei como queria
Mas quero que saiba,
De verdade...
Do meu jeito e sem maldade,
Eu te amo , Pai
Até a eternidade.

Augusta Schimidt
Enviado por Augusta Schimidt em 28/07/2005
Código do texto: T38526

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Augusta Schimidt
Campinas - São Paulo - Brasil, 66 anos
366 textos (532180 leituras)
4 e-livros (6968 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 05:41)
Augusta Schimidt

Site do Escritor