Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Flores decantam a solidão...

Flores decantam a solidão
Assim como o brilho do Sol
A farta alegria da vida
O beijo dado com amor
O toque precioso ao corpo

Flores espantam a solidão
A voz macia na tarde
O caminhar confesso do dia
Cascatas para banhos no ar
A entrega total do desejo

Flores maceram a solidão
Seivas com sabor de paz
Das pequenas coisas que se faz
A palavra sempre cordata
No tranqüilo arpejo do sonho.

Para quando a solidão nos serve de companheira!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 29/07/2005
Código do texto: T38557
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120253 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:58)
Peixão